Samba: O mais carnavalesco dos ritmos brasileiros

20160129_190931
Pesquisa da Ipsos sobre consumo musical em nove capitais brasileiras mostra que o samba é o ritmo mais lembrado por quem ouve rádio. A região metropolitana do Rio de Janeiro foi onde o gênero conquistou o maior índice entre as cidades pesquisadas – 42% dos entrevistados demonstraram preferência por samba ou pagode.

Apesar de ser a terra do axé e de estrelas de sucesso como Ivete Sangalo e Daniela Mercury, a capital baiana também tem forte relação com samba e pagode. Em Salvador, 38% dos entrevistados disseram que costumam ouvir os ritmos quando ligam a rádio, enquanto axé é ouvido por 31% dos pesquisados.

Mesmo com o recente crescimento dos blocos de rua em São Paulo, os ritmos carnavalesco não lideram a preferência musical na cidade. O gênero dominante é o sertanejo, com 42% da preferência dos paulistanos. O samba vem em segundo lugar, citado por um terço dos pesquisados.

De acordo com o Diego Oliveira, diretor de contas da unidade Ipsos Connect, os resultados indicam que o maior evento do país vem ganhando força através da combinação de diversos gêneros musicais.

“Não importa o gênero musical, o folião está em busca da diversão por meio da combinação dos gêneros, paquera, diversão e por se sentirem livres para o ano que se inicia após a grande festa”, diz Oliveira.

20160129_194710A Ipsos ouviu aproximadamente 18 mil pessoas em São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Porto Alegre, Brasília/DF e Curitiba para entender qual gênero musical mais ouvido nos principais mercados do país.

Sobre a Ipsos
A Ipsos é uma empresa independente global na área de pesquisa de mercado presente em 87 países. A companhia tem mais de 5 mil clientes e ocupa a terceira posição na indústria de pesquisa. Maior empresa de pesquisa eleitoral do mundo, a Ipsos atua ainda nas áreas de publicidade, fidelização de clientes, marketing, mídia, opinião pública e coleta de dados. Os pesquisadores da Ipsos avaliam o potencial do mercado e interpretam as tendências. Desenvolvem e constroem marcas, ajudam os clientes a construírem relacionamento de longo prazo com seus parceiros, testam publicidade e analisam audiência, medem a opinião pública ao redor do mundo. Para mais informações, acesse:www.ipsos.com.br, www.ipsos.com e https://youtu.be/WRgOg9Wnr4o.

por Maurício Coutinho – Revista Paulista