Produção nos 100 anos do Turismo Paranaense

Quando transcorridos 100 anos da visita de Santos Dumont à Terra das Cataratas (1916-2016) cuja paisagem o deslumbrou a ponto de tornar-se “embaixador” da causa para transformação da área em parque, o que veio a se concretizar alguns anos mais tarde com a criação do Parque Nacional do Iguaçu comemoramos com a publicação da Agenda do Centenário do Turismo Paranaense, que se traduz na expressão artística da efeméride.

CAPA DA AGENDA DO CENTENÁRIOInserida nas comemorações, a Agenda do Centenário divulga as atrações turísticas e as peculiaridades do Paraná, como suas paisagens fantásticas, riqueza cultural, traduzidas em gastronomia, festivais e festas populares. De maneira inédita as Regiões Turísticas são representadas sob a interpretação do artista paranaense Eloir Jr. que transpõe para as telas toda a sua sensibilidade e amor pelo Paraná.

Tal iniciativa foi prontamente acolhida com o patrocínio do SESC-FECOMÉRCIO na pessoa do seu presidente Darci Piana – emérito amigo do turismo paranaense, que em uma parceria inédita viabilizou nossos esforços.

A agenda é extensiva a todos os setores do empresariado do comércio de bens, serviços de turismo, constituindo-se em uma celebração criativa, folclórica, valorizando a memória e recheada de curiosidades. Uma jóia de grande utilidade para a educação e a cultura turística, no decorrer do ano bissexto de 2016 – ano do Centenário do Turismo Paranaense que terá o ponto alto no dia 27 de Maio – Dia Estadual do Turismo.

FOTOGRAFIA JEFERSON FRANCOProf. Manoel Jacó Garcia Gimenes – Presidente da Paraná Turismo

Dep. Estadual Douglas Fabrício – Secretário de Estado do Esporte e do Turismo

Empresário João Jacob Mehl – Vice-presidente do Conselho Paranaense de Turismo-CEPATUR

Coordenação do Projeto Centenário do Turismo Paranaense – Marilda Elizabeth Gadotti
Designer Gráfico – Julia Yukari
Criação do Selo do Centenário do Turismo Paranaense – Daniel Zunsztern

O Artista e a Obra

e1f82da0-6a81-4d0b-8ca3-008Eloir Jr., artista plástico curitibano, cujo trabalho alegre e colorido resgata as memórias culturais trazidas pelas etnias européias que imigraram e colonizaram a terra. Inspirando-se no folclore polonês, ucraniano, português, italiano entre outros, evidenciando ainda a convivência harmoniosa das etnias que fazem parte de sua terra natal, a Terra de Todas as Gentes.

Identificando-se com a linguagem naïf que traduz a expressão ingênua da cultura, hábitos e costumes em harmonia com ícones paranistas como gralha azul, araucárias e pinhões, Eloir Jr. aceitou de imediato o tema proposto e abraçando o desafio, de maneira inédita, fez com que as Regiões Turísticas fossem representadas sob sua inspirada interpretação, transpondo para as telas muito de sua sensibilidade e todo o paranismo que lhe é inato.

Mergulhando no tema, como hábil artesão, tece filigranas, delineando rotas e caminhos, prospectando paisagens, resgatando a história, perpetuando devoções, colorindo sabores, formatando assim os atrativos em forma de ícones e como mosaicos, as Regiões Turísticas se amalgamam e se completam fazendo o Paraná Turístico explodir em cores.