Rogéria Botelho: Saúde & Bem-Estar – 25.05.16

SUAS EMOÇÕES , SUA SAÚDE !

 emotionAs percepções, recordações e aprendizagens, são fundamentais  para se perceberem as emoções, nos processos cognitivos. Uma situação provoca uma reação fisiológica e procuramos  identificar a razão (compreender) dessa excitação fisiológica de modo a nomear a emoção que lhe corresponde.

Diante de uma determinada situação ou acontecimento os hemisférios cerebrais do nosso neocórtex avaliam a situação e responde ao estímulo e conclusão. Através deste estímulo resulta uma determinada interpretação e compreensão que dará ao acontecimento ou situação a esta percepção, compreensão dará lugar ao um sentimento agradável ou desagradável. Se o sentimento é agradável o cérebro classifica em memória emocional como experiência a renovar e do lugar a um estado de bem-estar, agora se ao contrário, for desagradável uma emoção, há um transtorno como um todo, desprenderá uma energia maior pelo desequilíbrio que classifica esta memória emocional como experiência a evitar.

emotion2Esta emoção desencadeia uma reação que pode expressar-se no exterior que repercutirá em todo  seu organismo às vezes em forma de melancolia,  pânico, choro, tristeza em seu interior, fobias, desânimo, enxaquecas etc. O processo da cura e mal estar começa no momento em que tomamos consciência de que foi a causa deste mal-estar ou uma enfermidade.

Para voltar a encontrar a harmonia, equilíbrio e dar condições para se reorganizar, para chegar a uma solução apropriada e atuar neste sentido.

Uma definição de emoção, conforme Antônio Damásio dentro de uma simplificação no processo neurobiológico, consiste numa variação psíquica e física, desencadeada por um estímulo, subjetivamente experimentada e automática e que coloca num estado de resposta ao estímulo, ou seja, as emoções são um meio natural de avaliar o ambiente que nos rodeia e de reagir de forma adaptativa (2000).

Emoções Primárias: o medo, a raiva, a tristeza e a alegria – As emoções primárias são inatas e estão ligadas à vida instintiva, à sobrevivência.  Diante de situações conflitivas.

mascara-socialEmoções Secundárias. (Ciúme, inveja, vergonha) – As emoções secundárias são aquelas que, ao atingirem a amídala cerebral e produzirem uma emoção, sofrem a influência e o possível domínio do córtex cerebral, mudando sua natureza primária. Neste sentido, estas emoções tornam-se respostas ou evitações (intelectualizadas) às emoções primárias. Tornam-se então emoções usadas pelo indivíduo para se proteger das primárias (primeiras) que muitas vezes são pesadas, ameaçadoras, embaraçosas ou muito dolorosas.

Por exemplo: uma pessoa se sente deprimida, em sua depressão pode estar encobrindo um sentimento primário de raiva , impotência, desvalorização. Aparecem frequentemente quando ocorrem as tentativas (fracassadas) de controle ou julgamento das emoções primárias, ou seja, quando se procura evitar ou negar aquilo que se está sentido.

Colocando tampões (proteções) para conseguir dar andamento em sua vida! É assim que se tornam desadaptativas, pois levam o indivíduo a se auto desorganizar. É o que chamamos na Microfisioterapia de proteções em cima de proteções, advindas de emoções lesões primárias( primeiras).

AMICRO P7P8 ATUALIZAÇÃO - E3C1. PÁG 11tualmente, a  Microfisioterapia têm auxiliado no reequilíbrio, reorganização dos processos Bio psicofísicoemocionais desencadeados por memórias emocionais na restauração da harmonia.

Uma técnica Francesa desenvolvida nos anos 80 pelos osteopatas Daniel Grojean e Patrice Benini tratamento através de toques manuais que aborda a causa primária das emoções traumáticas bloqueadas, que muitas vezes podem ser a causa de enfermidades , mal estar.

A Microfisioterapia identifica através do mapa corporal memórias emocionais celulares de causas de eventos traumáticos emocionais vividos ao longo da vida e que de certa forma o corpo não conseguiu eliminar. desajustado o organismo sobrecarrega e/ou debilita. Através de toques manuais atua no desbloqueio assim permitindo o fluxo vital do organismo se auto ajustar.

Uma excelente semana!
Ajuste suas emoções a coerência delas faz parte da Biologia da Felicidade e realização.


5

Rogéria Botelho Quirino – Crefito: 24553-F
Fisioterapeuta e Educadora Física
Microfisioterapeuta
Osteopata

Colunista da www.revistapaulista.com.br
www.rogeriabotelho.com.br
rogeria.bq@gmail.com


Deixe uma resposta