Expoflora em Holambra: Mostra de Paisagismo

Realizada anualmente em Holambra (interior de São Paulo) para mostrar as novidades em flores e plantas ornamentais ao mercado nacional, a Expoflora utiliza a sua Mostra de paisagismo e decoração para apresentar, esse ano, as tecnologias que possibilitam o cultivo de diversas espécies em qualquer ambiente com pouquíssima manutenção e, até mesmo sem a necessidade de rega.

IMG_0001   IMG_0161

A Expoflora acontece de 26 de agosto a 25 de setembro, de sexta a domingo, das 9h às 19h, e nos dias 7 e 8 de setembro, feriado da Independência, em Holambra. A antiga colônia holandesa, conhecida como a Cidade das Flores, está localizada a 140 km da capital paulista. Trata-se da maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina. O evento, que espera receber cerca de 300 mil visitantes, tem o patrocínio da Ypê, Coca-Cola, Crystal, Amstel e Ultragaz e apoio da Prefeitura Municipal da Estância Turística de Holambra e Banco do Brasil.

Cultivar de Coração – O tema escolhido para 2016 é Cultivar deCoração e tem como proposta transformar os espaços da Mostra de paisagismo em uma residência completa. O desafio para os profissionais do setor foi o de criar projetos paisagísticos e de decoração que contemplem sugestões simples para o uso de flores e plantas ornamentais adequadas a cada ambiente, deixando a casa mais confortável, alegre e bonita.

A Mostra foi dividida em 19 ambientes internos e externos de uma residência: Jardim/Hall/Varanda, Homeoffice, Academia, Criança, Oratório, Sala de banho, Loft/Apartamento, Casal, Jardim de inverno, Living, Pátio interno, Cozinha, Sala de jantar, Gourmet e opções de quintal. A coordenação é da arquiteta Karina Taccola (foto).

Aplicativo – Uma das novidades que terá demonstração em dois dos ambientes (Sala de banho e Casal) é o aplicativo MeuJardim, que ajuda as pessoas a cuidarem de seus jardins de forma gratuita e sem complicações.

Basta que o usuário crie um ou mais jardins e adicione as espécies plantadas para que o aplicativo o auxilie no cuidado e manuseio de cada uma delas, informando, inclusive a sua adequação à cada ambiente. A ferramenta notifica sobre o momento ideal para adubar as plantas e utilizar os produtos indicados para cada situação.

Eis alguns dos ambientes encontrados na Mostra de Paisagismo da 35a. Expoflora:

Jardim, hall e varanda – Luciano Zanardo – A primeira impressão de uma residência é, sem dúvida, o jardim. Aqui o profissional apresenta um jardim tropical inspirado em Bali para ampliar a proposta de contemplação, relaxamento e meditação. Os elementos revezam-se entre naturais e rústicos, como pedras, plantas, flores, fontes d’água e estátuas de deuses. Os revestimentos das paredes são de bambu verde sem tratamento, esteiras de palha e, de pedra (aquamarine), na área das fontes.

IMG_0030   IMG_0032

O mobiliário é balinês e, as estátuas, de animais nativos da Ásia. Para o teto, tecido de juta natural. Pontaletes de eucalipto bruto são utilizados para o perímetro do jardim. A área de relaxamento, com spa, tem o piso drenante e, no ambiente da varanda, uma sala com tocheiro ecológico à álcool. Para o paisagismo foram escolhidas, também, Strelitzia augusta (árvore semi-lenhosa com folhas agrupadas em forma de leque), Tradescantiaspathacea (abacaxi-roxo ou espada de Iansã), maciços de alocacias, e plantas aquáticas. Para a ornamentação, orquídeas phalaenópsis em variadas cores.

Veja mais em: https://www.youtube.com/watch?v=mCTnHlF9Z5Q

Academia – Danila Mendonça – O espaço tem equipamentos de ginástica contemporâneos adequados à vida moderna, às pressões sociais e à necessidade de boa forma. A escolha permite integrá-los a uma área zen, onde não apenas o corpo é trabalhado, mas, também, o espírito. Assim, é possível associar as práticas antigas, como meditação e yoga, às atividades modernas, como a musculação. A opção pelo piso de madeira de demolição não é aleatória. Trata-se de um elemento antigo que se tornou contemporâneo por ser sustentável. As duas áreas – Zen e Energia – são conectadas por uma área de pedriscos, que faz a transição entre o conforto da madeira e a dureza do concreto.

IMG_0047   IMG_0048

A iluminação foi desenvolvida com cores quentes, para proporcionar maior sensação de conforto. Na área Zen, a lavanda predomina. Foi escolhida por suas propriedades calmantes (contra insônia, irritabilidade, doenças infecciosas, males respiratórios e ansiedade, entre outros). Essa planta simples, com floração abundante e que pode ser cultivada o ano todo atua como uma fonte de equilíbrio.

Para a área Energia a escolha foi para as flores nas tonalidades amarela e laranja, por serem cores alegres e estimulantes. Entre as espécies estão as crisântemos e os lírios, que também são abundantes e florescem o ano inteiro. As lanternas de papel de arroz tem um efeito decorativo bem interessante.

Veja mais em: https://www.youtube.com/watch?v=OTKapeudDXo

Ateliê – Marisa Trippia – O amor também brota da natureza e cabe a nós sabermos cultivá-lo. Com essa proposta a artista plástica faz a passagem do imaginário ao real através da pintura a óleo na tela transferida para um painel.
IMG_0056A figura de uma mulher representa a Mãe Natureza em meio a um campo florido de amor perfeito. Detalhe para a saia que, graças a um efeito 3D, a transforma em um campo florido real. A saia é sustentada por suportes de ferro com 600 vasos (pote 11) potes de flores.

Petúnias rosas decoram uma bicicleta dourada, oferecendo romantismo à tela natural do ambiente.  Para a artista, o amor também é o principal tempero de todos os pratos.

Recanto das crianças – Estela Galleti – O ambiente para as crianças pode trazer, ao mesmo tempo, aconchego e aventura. A mobília, de designer europeu, feita artesanalmente em Pinus Elioti pelo Ateliê Angelin é inspirada nas abordagens Waldorf e Pikler e pedagogia Montessori.

IMG_0068As medidas são específicas para bebês e crianças de 0 a 4 anos, e permitem que eles se movimentem com autonomia e segurança e desenvolvam importantes noções sobre equilíbrio e força. O espaço é interativo.

Floristas realizarão oficinas de arranjos florais para as crianças todas às sextas-feiras, às 10hs e às 14h. As ervas aromáticas estarão distribuídas pelo espaço, contendo muita lavanda e alecrim. As flores escolhidas foram as torênias, popularmente conhecidas comoAmor-perfeito-de-verão.

Veja mais em:  https://www.youtube.com/watch?v=jOpSxdeScx0

Sala de banho – Karina Taccola – Esqueça os banheiros usuais. Essa sala de banho tem uma proposta de purificação e limpeza ao utilizar elementos como pedra e madeira para aproximar o usuário da natureza, trazer aconchego e relaxamento.

IMG_0074O piso do chuveiro é de pedras encaixadas e não tem ralo aparente, já que água escorre entre as pedras que escondem a tubulação. Os chuveiros são dois painéis de banho com jatos massageadores e relaxantes permitindo um momento de compartilhamento do espaço.

A banheira de imersão, em frente às duchas, está sobre um espelho d´agua que recebe o transbordamento da água. Um jardim com Fícus lyrataem vasos dispostos na parede lateral, da altura do observador, permite que o banho pareça acontecer em meio à vegetação, transformando o banho num momento de terapia. A mesma pedra utilizada como piso do chuveiro conduz à área da bancada preta com pias de cubas de vidro azul. O andar descalço sobre as pedras descarrega as tensões e energiza o corpo.

Veja mais em: https://www.youtube.com/watch?v=cEhyxaeow6E

Loft – Marina Machado e Allan Oliveira – Nesse apartamento transformado em loft os designers apresentam uma proposta inusitada: lago com cascata de bambu, peixes e plantas aquáticas no quarto, flores e plantas cultivadas in vitro que não necessitam de nenhuma manutenção na sala e horta com Panc’s (plantas comestíveis não convencionais) na cozinha.

IMG_0088Sem contar a tecnologia que permite a flutuação de um vasos, e o uso de papéis de parede em 3D. O espaço alia a inovação à sustentabilidade e criatividade. Os profissionais trazem natureza para dentro de casa, mas de uma forma tecnológica e com baixo custo.

Hoje é possível permitir que o frescor das plantas e flores esteja próximo até mesmo de quem nem sempre tem tempo até para regá-las. No quarto está a grande surpresa. Aos pés da cama do casal foi instalado um lago com direito a uma mini cascata de bambu, carpas coloridas e plantas aquáticas.

Veja mais em: https://www.youtube.com/watch?v=JdZOC2o61L0

Jardim de inverno – Cilene Alves e Karina Taccola – Os móveis rústicos de madeira criam um estar com cobertura de tumbérgias pendentes, uma trepadeira muito rústica e ornamental. IMG_0100O ambiente é convidativo para momentos tanto de introspecção como para encontros. De um lado, um jardim com palmeiras e bromélias, que tem como pano de fundo pleomeles e uma raiz escultural com delicadas e coloridas bromélias.

De outro, um caminho de cacos de pedra São Tomé e bromélias de diferentes variedades que conduz à rede, que tem ao fundo um maciço de dracenas vermelhas, de onde se pode contemplar todo o ambiente.

Sala – Dirceu Daieira e Fernanda Souza – O projeto é ousado, pois traz para o principal espaço de convívio da residência um ambiente árido e desértico, criando uma ponte entre o orgânico, o natural, o selvagem e as formas contemporâneas e modernas criadas pelo homem urbano. O elemento condutor do projeto é o deck em madeira Ipê em réguas de 7cm, rompendo a bidimensionalidade do piso e elevando-se pelas paredes e teto para despertar a curiosidade do visitante.

IMG_0105   IMG_0106

Chapas de mármore exótico, em tons claros, foram colocadas no piso entre os decks para liga-los e para trazer a natureza ainda mais perto do visitante. O ambiente expõe, ainda, exemplares de cactos, além de outros tipos de suculentas. Essas espécies caracterizam-se por armazenar água e nutrientes, necessitam de poucas regas e, por isso, são de fácil manutenção.

Veja mais em: https://www.youtube.com/watch?v=UqJXxmUkl_o

Cozinha – Fernanda Quelhas – A cozinha rústica traz um ar rural para um ambiente moderno e muito prático. A disposição da bancada facilita a circulação e o trabalho solo ou conjunto dos chefs do dia. Também permite o bate papo entre quem está às voltas com as panelas e os convidados que preferem ficar perto do cooktop. Na parede verde, uma horta irrigada, com vários tipos de temperos (hortelã, manjericão, tomilho e orégano) para uso pelo cozinheiro. Tudo a mão.

IMG_0125   IMG_0133

A mesa de MDF que imita madeira rústica e com detalhe em aço corten foi colocada ao lado do jardim interno, caprichosamente decorado com crotons alfinetes – verde e amarelo -, oliveiras e zamioculca e do outro lado, crotons de cores provocantes como vermelho+amarelo+vinho, com formato de folhas diferentes – ovaladas ou torcidas. Essas plantas foram propostas por estarem em sintonia com as cores usadas no ambiente como o nogueira e o cobre cortendo balcão e dos painéis e contrastam com o ônix (grafite metalizado) dos armários.

Veja mais em: https://www.youtube.com/watch?v=wdwNfBe7Edg

Sala de jantar – J. Mangabeira, Lya Bettini e Alexandre Ayres – A ideia é integrar a sala de jantar ao jardim para criar um ambiente agradável e prazeroso, conciliando a arte e a natureza. A sala de jantar é ambientada com peças rusticas e clássicas calcadas nas cores dourada, prata e bronze contrapondo com materiais modernos para oferecer equilíbrio entre a decoração e o design. Flores e pássaros inspiram as obras de arte. Destaque para as interferências artísticas em telas clássicas.

IMG_0118   IMG_0073

Desta forma, o espaço para o jantar propõe alimentar não somente o corpo, mas, também, os sonhos, para uma vida mais alegre e saudável com flores e harmonia. As plantas e flores escolhidas são de baixa manutenção, grande durabilidade e de muita beleza. Entre elas estão azaleias, lírios e crisântemos, predominantemente nas cores branca, rosa e amarela. Impatiens rosa nos canteiros e zamioculcas em vasos complementam o jardim. As crianças ganham um cantinho especial, todo rosa, para o chá com as bonecas.

Gourmet – Ines Maciel e Alexandre Galhego – O receptivo é feito por arbustos topiados de alecrim em flor. O gourmet está rodeado por um jardim de ervas aromáticas e plantas comestíveis e árvores frutíferas, planejado para atender ao chef da casa.IMG_0142 É um paisagismo bem diferente, sem espaços
definidos, embora tudo esteja integrado. A hortelã aparece como uma planta rasteira no lugar da grama. Um jardim pensado para oferecer a melhor relação entre funcionalidade e estética através do uso de ervas e de temperos.

Para uma ambientação atual e sofisticada foram escolhidas cores fortes, como o vermelho das placas 3D plásticas (lançamento) que podem ser facilmente aplicadas em qualquer parede, oferecendo um visual moderno ao espaço. Os armários foram projetados dentro das tendências apresentadas no Salão de Milão de 2016, seja nas cores, no uso da laca e nos puxadores.

Veja mais em: https://www.youtube.com/watch?v=I9dPsMdQJjE

Espaço casual – Mauro Contesini – O descanso é garantido à beira de um lago retangular sustentável, feito de lona impermeável, que não utiliza qualquer técnica construtiva e pode ser instalado com maior rapidez. Detalhe para as inovadoras bordas de madeira que lhe conferem uma elegante rusticidade. O fundo do lago é de areia, pois a proposta é caminhar descalço pelo lago até as espreguiçadeiras azul claro, relaxando os pés.

IMG_0151   IMG_0149

A churrasqueira portátil oferece a opção do churrasco no quintal sem a necessidade de construções, ampliando o espaço para o lazer, onde se destacam as palmeiras Phoenix com seus troncos escultóricos e sua copa na forma de guarda-chuva. Uma planta rústica que pouco exige de cuidados.

Para colorir o ambiente foram eleitas as sunpatiens (impatiens ou marias-sem-vergonha resistentes ao Sol) por suas numerosas e coloridas flores. Essa planta chega a durar até 10 meses, fornecendo várias floradas. Destaque para a heuchera, com suas folhagens coloridas, lançamento na Expoflora.

Veja mais em: https://www.youtube.com/watch?v=UXjKPJVyrug

Quintal –Piquenique – Fernanda Quelhas – Este jardim agradável, confortável e alegre, de formatos orgânicos, é ideal para piqueniques, sejam em casal, já que as flores lhe conferem muito romantismo, ou com toda a família.O antigo carro de boi e a fontefavorecem esse clima. As mesas e bancos foramfabricadas em cruzetas para garantir a rusticidade. O uso de elementos variados como pedras, pedriscos e vários tipos de plantas transmitem a impressão de que tudo já estava em seu devido lugar há muito tempo.
IMG_0125   IMG_0133
Os cipestres ao fundo remetem a um panorama europeu.As flores são de variadas espécies e cores. Para o ambiente foram escolhidas azáleas, calibrachoas (mini petúnias que estão sendo lançadas na Expoflora) para as paredes e maciços de crisântemos para os canteiros. Arbustos, como lavanda e alecrim, contribuem para o frescor do jardim.

Veja mais em: https://www.youtube.com/watch?v=wdwNfBe7Edg

Quintal Holandês – Mauro Contesini – Durante a primavera, na Holanda, é comum passar pelas estradas e admirar-se com os lindos campos de tulipas que transformam os quintais dos sítios em um colorido tapeta. No Brasil, onde o clima contribui muito mais para as floradas de diversas espécies em campo aberto, é possível estilizar as plantações holandesas e trazer para os trópicos a beleza dos canteiros organizados e diversificados em cor.

A réplica do moinho de vento remete aos países baixos. O painel mostra ZaanseSchans, a típica cidade holandesa dos Moinhos. Só que, aqui, a tulipa tem representante brasileira. A flor escolhida pelo paisagista foi a sunpatiens, uma variedade de impatiens (conhecidas popularmente como Maria-sem-vergonha), só que muito resistente ao Sol. Em quatro diferentes cores foram utilizas mais de 800 mudas para compor esse belíssimo visual.


IMG_0017Serviço:
35ª Expoflora Holambra
Rod. Campinas/Mogi Mirim (SP 340), saída 140
De 26 de agosto a 25 de setembro, de 6a. a domingo
Aberto também nos dias 7 e 8 de Setembro 
Horário: das 9 às 19 horas
Informações: (19) 3802-1421
expoflora@expoflora.com.br


por Mara Porto, Maurício Coutinho e Mi Benassi

Deixe uma resposta