Simples Assim: novo trabalho de Leci Brandão

Há quem argumente que a simplicidade é a chave para a sofisticação. É preciso ter muito conhecimento acumulado para sintetizar tanta história e a ideia se encaixa perfeitamente no novo trabalho de Leci Brandão, o disco Simples Assim. Afinal, são 40 anos de carreira! 

leci-brandao-1Desde o premiado disco Antes Que Eu Volte a Ser Nada, lançado em 1975, quando a música título do álbum foi apresentada no festival Abertura da Rede Globo, Leci nos brinda com uma belíssima carreira musical pautada pelo senso crítico, sensibilidade e sonoridade de legítima expressão popular. Os posicionamentos políticos de Leci lhe renderam represálias de gravadora e veículos de mídia, mas também o respeito dos brasileiros.

 Depois de quatro anos desde o último trabalho (Cidadã da Diversidade, 2012), Leci Brandão conclui seu mais novo CD que estará disponível ao público em breve. O disco contém algumas regravações de sucessos da cantora como Essa Tal Criatura (Leci Brandão), Sabor Açaí (Nilson Chaves/Joãozinho Gomes) e Bate Tambor (Leci Brandão/Zé Maurício), canções que demostram criatividade, gama de ritmos e regionalismos incorporados pela carioca de Madureira e brasileira de coração. Leci também canta pela tradição e ancestralidade, mais uma marca registrada de seu repertório, com Santas Almas Benditas (Clareia) e o Samba Pra Xangô (Ricardo Augusto/Ricardo Raiz). Leci canta para os morros, pelo povo e pela cultura popular com Deixa Viver (Leci Brandão/D. Santos), canção que homenageia o bairro do Jaçanã, zona norte de São Paulo, mas expressa o cotidiano e a alegria do povo brasileiro; Invasão (Carlos Caetano), uma reflexão profunda sobre a violência nas comunidades, e Super-Herói da Favela (Rodrigo G. Cinco) que registra a vida intensa, porém breve, do “dono do morro”.

leci-brandao-4Leci canta o amor e as relações, verdadeiras crônicas da vida a dois, com Pra Gente Se Encontrar de Novo (Carica/Prateado/Luiz Claudio Picolé) e Com as Graças de Deus (Leci Brandão/Pedrinho Sem Braço). A música de trabalho do disco é Nasci Pra te Amar, composição de Leci em parceria com seu afilhado Xande de Pilares e Gilson Berlini. Por fim, um destaque para a qualidade dos arranjos e produção do trabalho e para a experiência dos músicos, tudo realizado em poucos meses.

Em Simples Assim, Leci canta sua história, a política e as desigualdades sofridas pelo povo brasileiro. Muito esperado por fãs e pela própria artista, o trabalho expressa a sofisticação, a simplicidade e o talento grandioso de Leci.

Minibiografia: Leci Brandão – Nasceu no Rio de Janeiro em 12 de setembro de 1944. É cantora, compositora e umas das mais importantes intérpretes de samba da música popular brasileira.

leci-7  leci-6  leci-5

Começou sua carreira musical no início da década de 1970, tornando-se a primeira mulher a participar da ala de compositores da Escola de Samba Mangueira, do Rio de Janeiro. Ao longo de sua carreira, gravou 23 álbuns, 2 DVDs, diversas participações, além de constar em muitas coletâneas essenciais da música popular brasileira.

leci-10  leci-9  leci-8

Entre 1984 e 1993, Leci foi comentarista dos desfiles das Escolas de Samba do Rio de Janeiro pela TV Globo. Em 1996, Leci foi convidada pelo diretor Walter Avancini para interpretar a quilombola Serafina na novela Xica da Silva, escrita por Walcyr Carrasco e exibida pela extinta TV Manchete. Em vez da breve participação previamente acertada, a permanência da cantora no papel durou até o penúltimo capítulo da novela tamanha a repercussão positiva da personagem perante o público.

leci1  leci-4  leci-3

Após uma pausa de seis anos, voltou a comentar o Carnaval carioca de 2000 a 2001. Entre 2002 e 2010 comentou os desfiles das Escolas de Samba de São Paulo pela mesma emissora. Em 2004, tornou-se Conselheira da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e membro do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, permanecendo nestes postos por dois mandatos (4 anos).

leci-2 leci-12 leci-11

Em fevereiro de 2010, filiou-se ao PCdoB e candidatou-se ao cargo de deputada estadual de São Paulo, tendo sido eleita e reeleita em 2014. Enquanto parlamentar, Leci Brandão se dedica à promoção da igualdade racial, do respeito às religiões de matriz africana e à cultura brasileira, pela inclusão da população negra e indígena, por mais cultura e educação, por saúde de qualidade, pela garantia de direitos dos trabalhadores, da juventude, em especial a pobre e negra, das mulheres e do segmento LGBT.

Deixe uma resposta