Paloma Nóbrega: A busca para o sucesso através do “coaching”

Quando pensamos reorganização empresarial ou até mesmo pessoal, uma das palavras mais ouvidas e mencionadas na atualidade é “coaching”, do inglês, treinamento ou instrução, processo em que o profissional, denominado “coach”, coloca uma lente de aumento sobre as soluções que o cliente necessita enxergar para voltar a crescer ordenada e continuamente.

Paloma Nóbrega, formada em marketing, tendo atuado quase 15 anos no grupo Edenred, empresa francesa, onde passou por várias funções desde coordenadora de trade marketing a gerente de negócios, afirma que a vontade ser uma “coach” surgiu da paixão nutrida em lidar com pessoas, o prazer em ajudá-las, alavancando lhes o sucesso, antes obstruído por questões meramente emocionais, por muitas vezes.

Para desempenhar com maior conhecimento esta sua nova formação, Paloma partiu rumo a Europa, em busca de vasto embasamento existente naquele Continente, reconhecido pela ICF/International Coach Federation, principal organização global dedicada ao avanço da profissão de “coaching”, definindo padrões elevados, fornecendo certificação independente e a construção de uma rede mundial de profissionais de “coaching”.

“Hoje, afirma, tenho plena convicção que o profissional de “coaching” é capacitado para trabalhar, principalmente, o desenvolvimento humano, assessorando o cliente a atingir seus resultados, explorando o campo da consciência e o campo emocional ajudando e auxiliando a atingir o resultado proposto”, conclui.

Segundo suas palavras, todas as pessoas podem beneficiar-se com um “coach” para chegarem a seu objetivo, não havendo um nicho específico de mercado. Quando falamos em termos corporativos, há uma grande necessidade de motivar-se os funcionários de uma empresa, transpassando os limites dos relacionamentos interpessoais destes mesmos colaboradores e com o próprio gestor, fazendo com que todos possam desenvolver habilidades para alcançar a meta desejada.

Coach Paloma Nóbrega  foto: Haroldo Nogueira

Porém, e sempre tem um porém no meio do caminho, dizia o poeta, nem tudo são flores para a total compreensão do papel de um “coach”, que tem como principais dificuldades a resistência na tomada de decisões e a manutenção extrema do foco no propósito estabelecido.

“O coaching, adianta Paloma, pode virar o jogo negativo nas empresas e/ou pessoas e atingir resultados positivos, desenvolvendo habilidades e ajudando o cliente a dar o primeiro passo e fazendo a pessoa acreditar que ela é capaz, vencendo seus medos e limitações”, finaliza.

Para tanto, faz-se necessário um intenso e profícuo trabalho em conjunto – “coach”/empresa/funcionário – traçando os objetivos, estabelecendo confiança e motivação para o alcance da meta estabelecida.

“O que mais me motiva nesta nova profissão é ver o resultado atingido e as pessoas trilhando seus caminhos rumo ao sucesso, seja no pessoal ou no profissional. Isto é extraordinário, pois é um processo de transformação e vitória para ambas as partes”, comemora a “coach” Paloma Nóbrega.


Para saber mais sobre o “coaching” e
investir num trabalho de excelência
para sua empresa ou mesmo na
carreira pessoal, com 
PALOMA NÓBREGA, “A COACH COM ALMA”
Contatos:

Fone: 11.9.8455.3349 – whatsApp
Skype: pnobrega11
Instagram: pnobrega35

 

Deixe uma resposta