Botequim do Thobias da Vai-Vai: Programa estréia em 30 de setembro no youtube

Agendado para estrear em 30 de setembro em seu canal exclusivo no Youtube e replicado nos canais da Revista Paulista e do InformaSamba, o programa “Botequim do Thobias da Vai-Vai” trará entrevistas com as diversas personagens das Artes e da Cultura, num bate-papo descontraído, música ao vivo – muitas vezes “a capela” e os famosos “causos” das carreiras artísticas de cada um.

 
Saiba um pouco sobre Thobias da Vai-Vai
Considerado um dos grandes baluartes do samba paulistano, Thobias da Vai-Vai nasceu em uma família de músicos e musicistas por vocação, iniciando sua carreira em meados de 1981 e em 85 assumiu como intérprete oficial da escola de samba Vai-Vai, tendo ainda presidido a agremiação do Bixiga de 2006 a 2010, com vários títulos conquistados.

Em seus 35 anos de carreira, com oito discos solo oficiais lançados, participou de inúmeras gravações e participações especiais com outros artistas, como Beth Carvalho, Oswaldinho da Cuíca e Demônios da Garoa. Intérprete oficial da Escola de Samba Vai Vai de São Paulo a partir de 1988 e vice-presidente da escola. Gravou ao longo de sua carreira seis discos solos. Em todos eles procurou incluir sambas-enredos que se destacaram na capital paulista além de algumas composições próprias.

Além dos sambas-enredos da Vai Vai, gravou também para outras escolas de São Paulo e do Rio de Janeiro. Em 1982, gravou “Palmares, raiz da liberdade” para a Escola de Samba Nenê de Vila Matilde. No ano de 1986, gravou “Caymmi mostra ao mundo o que a Bahia e a Mangueira têm” para a Estação Primeira de Mangueira.

No ano de 1999 participou do disco “História do samba paulista”, ao lado de Aldo Bueno, Osvaldinho da Cuíca e Germano Mathias, lançado pelo selo CPC-UMES. Em 2000, lançou pela gravadora Atração o CD “Brasil samba Show II” que teve a participação especial do Mestre Tadeu e da bateria da Escola de Samba Vai Vai.

Este é o título também dos shows que apresentou em países estrangeiros, nos quais interpretava não só sambas-enredos como sambas de Lamartine Babo, Zé Kéti, Paulinho da Viola, Hermínio Bello de Carvalho, entre outros.

    

Em 2002, interpretou com Neguinho da Beija-Flor e Eliane de Lima a faixa “Não deixe o samba morrer” de autoria de Aloísio e Edson da Conceição, no disco “Os melhores do ano III”, lançado pela gravadora Índie Records, disco que contou também com as participações de Sandra de Sá, Zé Ricardo, Jorge Aragão, Ivete Sangalo, Leci Brandão, Cássia Éller, Luiz Melodia, Luiz Wagner, Arlindo Cruz & Sobrinha e Zeca Pagodinho, entre outros.


Serviço:
Programa “Botequim do Thobias da Vai-Vai”
Estréia: 30 de setembro de 2017
Direção artística: Thobias da Vai-Vai
Direção de Marketing: Jornalista Mauricio Coutinho
Direção de Produção: Clodoaldo Santos
Edição: Supernova Filmes – www.supernovafilmes.com
Comunicação: Coutinho Eventos – www.coutinhoeventos.com.br

Equipe:
Captação e direção de fotografia: Nilton Santana
Assistente de produção: Gabriel de Almeida Prado
Produtora: Mara Porto
Makeup: Paullo Feitoza
Gastronomia: Chef Anderson Vitorino
Apoio Cultural:
– Sincoplastic – www.sincoplastic.com.br
– DermaGold – http://www.gabinatus.com.br/produto/dermagold/
– Café Renovo – www.caferenovo.com.br
– Buffet Manaus – www.buffetmanaus.com.br
– Revista Paulista – www.revistapaulista.com.br

Deixe uma resposta